É vegano?

Vinhos Veganos- Produtores de vinhos que não utilizam produtos de origem animal e você não sabia

Se você ainda não sabia, se prepare para a notícia: vinhos podem não ser veganos. Fizemos uma super pesquisa e aí vão os produtores de vinhos que não utilizam produtos de origem animal.

Talvez você ainda não saiba, mas para o vinho ficar clarinho e límpido, as vinícolas realizam o processo de clarificação, utilizando um agente clarificante que pode ser de origem animal (gelatina, caseína, caseinatos, albumina de ovo, albumina de sangue), de vegetal ou mineral (leia mais aqui). É por isso que existem vinhos veganos e não veganos.

Sempre foi um desafio encontrar vinhos veganos em supermercados e restaurantes, encontrar os vinhos e também listas de vinhos veganos(mesmo com os apps específicos para isso). Acabava ficando apenas com mesmos. Foi por isso que resolvi entrar em contato com diversos produtores de vinhos comercializados no Brasil para descobrir mais opções. Vale lembrar que esses não são vinhos com certificados veganos, mas recebi o retorno diretamente dos enólogos e diretores com a garantia deles de que não utilizam produtos de origem animal para nenhum processo de produção de seus vinhos. Aí vão os produtores que não utilizam nada de origem vegetal na produção de seus vinhos:

1- Becker Landgraf

Produtor de vinhos como Spatburgunder Gau-odernheimer e Riesling Herrgottspfad Trocken, não me pergunte como se pronuncia isso, a Becker Landgraf foi uma das primeira vinícolas a responder nosso e-mail. Segundo eles, não é necessário utilizar nenhum produto para o processo de afinamento dos vinhos, porque trabalham da maneira mais natural possível, utilizando apenas a natureza e as mãos.

Resposta:

“We don´t use any products based on animal for our wine. We use nothing only the nature and our hands. So all our wines are vegan but we have no certificate for it, because for us it is normal when we work so perfect in our vineyards and pick only healthy fruits that we don´t need anything for fining. We work so since 12 years when we start wit our winery. our wines a clarification by them self, and all our reds are bottled unfiltered and the with only with a soft filtration.”

Tradução:

“Nós não usamos nenhum produto de origem animal em nosso vinho. Nós não usamos nada, apenas a natureza e nossas mãos. Então, nossos vinhos são veganos, mas não temos um certificado para isso. Para nós é tão natural, quando trabalhamos tão perfeitamente em nosso vinhedo, colhendo apenas frutas saudáveis, que não precisamos de nada para o afinamento. Trabalhamos assim há 12 anos, quando começamos com a nossa vinícola. Nossos vinhos são clarificados por eles mesmos e todos os tintos são engarrafados sem filtragem e os brancos com leve filtragem.”

2- Esporão:

Segundo a Esporão, não há a utilização de nenhum produto de origem animal na produção dos vinhos Esporão. Fazem parte da lista de vinhos desse produtor: Herdade do Esporão, Monte Velho, Torre e muitos outros disponíveis em lojas brasileiras. São, portanto, vinhos veganos.

Resposta:

“Não utilizamos produtos ou derivados de origem animal nos nossos vinhos.”

3- Lima Smith (Quinta das Tecedeiras, Quinta da Boavista e Quinta de Covela)

Produtor de inúmeros vinhos comercializados no Brasil, tais como Covela, Flor das Tecedeiras, Quinta das Tecedeiras, Port Twany, Boa-Vista e Quinta da Boa Vista, Lima Smith afirma não utilizar nenhum produto de origem animal para a produção de seus vinhos.

Resposta:

“Nenhum dos nossos vinhos é produzido usando qualquer produto de origem animal, e portanto poderá considera-los ‘vegans’.”

4- Loma Larga

Segundo o produtor, e utilizado um agente feito de argila para a clarificação dos vinhos Loma Larga, que também não são filtrados, o que os tornam vinhos veganos.

Resposta:

“We don’t use animal-derived substances for fining; we use a clay based agent called bentonite and our Loma Larga wines are unfiltered.”

Tradução:

“Nós não usamos substâncias derivadas e animais para o afinamento; usamos um derivado de argila chamado bentonite e nossos vinhos Loma Larga não são filtrados.”

5- Matias Riccitelli Wines

O produtor dos vinhos com nomes mais divertidos que já conheci, tais como Hey Malbec e The Apple doesn’t fall Far From de Tree, também diz não utilizar produtos de origem animal para a produção de seus vinhos.

Resposta:

“Hola Sofía, NO usamos ningún producto animal en nuestro proceso de elaboración, nuestros vinos SON APTOS para veganos”

Tradução:

“Olá, Sofia. Não usamos nenhum produto animal em nosso processo de elaboração. Nossos vinhos são adequados para veganos”.

6- Viña Haras Pirque

Produtora de vinhos como Valle del Maipo Alto, Haras de Pirque, a Viña Haras Pirque também não utiliza produtos de origem animal para produção de seus vinhos.

Resposta:

“Exactly, We do not use any type of animal product in our processes.”

Tradução:

“Exatamente, não usamos nenhum tipo de produto animal em nossos processos.”

7- Vinícola Salton

Bastante conhecida por aqui, a Vinícola Salton utiliza agentes de outras fontes, que não a animal, para a produção de seus vinhos. São, portanto, vinhos veganos.

Resposta:

“Não utilizamos ingredientes de origem animal, e sim Insumos enológicos: açúcar, leveduras, enzimas, acido tartárico, ácido cítrico, bentonite, carvão vegetal, anidrido sulfuroso, sorbato de potássio”

8- Wine Magnum- Carlos Lucas Vinhos

O próprio Carlos Lucas, que além de CEO é enólogo, fez questão de responder meu e-mail afirmando que a Wine Magnum não utiliza produtos de origem animal há mais de 15 anos. São eles os produtores de vinhos como Quinta do Ribeiro Santo, Casal de Loivos, Maria Mora, Lilás e Flor de Maio.

Resposta:

“Não usamos produtos de origem animal nos nossos vinhos faz mais de 15 anos. Nos vinhos portugueses não é comum o uso de clarificação por produtos animais. Os meus vinhos são Vegan sim.”

9- Marques de Griñon

A Marques de Griñon também respondeu afirmando não utilizar produtos de origem animal na produção de seus vinhos.

Resposta:

“When we make our wines, we do not use any animal or animal product.”

Tradução:

“Quando fazemos nossos vinhos, nós não utilizamos nenhum animal ou produto animal”.

10- Quinta do Crasto S.A

Com vinhos também bastante conhecidos no Brasil, o catálogo da Quinta do Crasto conta com vinhos como Quinto do Crasto, Flor de Crasto e Crasto. Segundo o Departamento de Enologia da vinícola, não há a utilização de produtos de origem animal para a realização dos vinhos.

Resposta:

“Relativamente à questão que coloca, informamos que não utilizamos nada de origem animal, pelo que podemos considerar que os vinhos são vegan.”

11- Cooperativa Vinícola Aurora (alguns vinhos veganos)

Após longa e importante explicação sobre o processo de clarificação dos vinhos brancos, a vinícola afirmou não utilizar métodos de clarificação em seus vinhos tintos, então, apenas os tintos seriam vinhos veganos.

Resposta:

“A utilização de clarificantes proteicos (gelatina) em vinhos branco tem como objetivo estabilizar microbiologicamente e proporcionar limpidez aos líquidos. As doses aplicadas variam de acordo com a necessidade de cada produto, sendo que não são todos os produtos que recebem estes insumos, e os que recebem não necessariamente apresentarão residual pois estes clarificantes reagem com o meio, precipitam e após são subtraídos pelas trasfegas e filtrações. Enfatizamos que a adição destes insumos não é regra de processo, ou seja não ocorre rotineiramente, mas sim somente quando necessário nas situações referidas acima. Vinhos Tintos e Suco de Uva não se utiliza nada de origem animal.”

Conforme recebermos mais retornos, atualizaremos essa lista. E você, sabe de algum vinho vegano que não está aqui? Conta pra gente.

Anúncios

um comentário

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.